Na Vanguarda da Actualidade
A maioria das pessoas da nossa sociedade, constrói a sua opinião principal de uma assunto, de acordo com a sua 1ª impressão dele. Costuma ser uma coisa que alguém ou que essa mesma pessoa viu, ou então é só uma opinião aleatória que têm a ver com o que a pessoa sente no momento em que constrói a opinião. Eu sei que isto é um pouco confuso, mas talvez os meus clássicos exemplos ajudem. Imaginem que estão a andar de carro numa rua que nunca tinham estado, e de repente vêm um homem a urinar para o passeio. Mais tarde, chegam a casa e um familiar fala-vos de um restaurante que gostou, que situa exactamente na rua que passaram antes. A vossa primeira reacção, é obviamente " Mas não é essa a rua onde as pessoas urinam para o passeio?( termos podem mudar de acordo com o familiar)" . Mas claro que mais tarde percebem, que esse comentário não teve fundamentos. Podia ter acontecido em qualquer rua. O exemplo mais comum do fenómeno da 1ª impressão é quando conhecemos alguém que nunca tínhamos visto. Se formos a andar na rua e virmos uma pessoa a andar num escorrega de um parque infantil, a primeira coisa que diremos ao nosso parceiro do lado vai ser ( por exemplo ) " Olha para aquela senhora bem formosa( termos podem variar de acordo com a proximidade com o companheiro ). Pena ser tão imatura". Um jovem a ler um livro de filosofia. " Olha só para aquele nerd anti-social a ler um livro. Quem é lê hoje em dia?". Um rapaz a levar socos de uma rapariga. " Olha só para aquela libelinha. Nunca vi homem mais fraco." E agora vocês vão dizer " Ah e tal, mas eu não faço isso". Eu sei. E também sei que se lê-se um post assim, também diria isso. Mas não há mal nenhum neste fenómeno, pois é involuntário. Ainda que o homem que urinou no passeio podia ter sido um tipo que apenas se embebedou ou se drogou uma vez, ainda que a rapariga tivesse a brincar com os seus irmãos mais novos, ainda que aquele livro que o jovem estava a ler era obrigatório e mesmo que a rapariga que estava a dar socos no rapaz é que era excepcionalmente forte nós diríamos os mesmo. Assim como quem está a ler este blog pela primeira vez, pensa que todos os escritores deste blog usam parênteses com demasiada frequência ( o que é mentira).
publicado por Sebastião Marques Lopes às 17:32 | link do post
Bom post colega...
Tomás Sena a 12 de Julho de 2010 às 17:52
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
comentários recentes
LOL, confesso que já gostei mais de ser um gajo do...
Boa tarde caro camarada blogger, ainda no outro di...
o que é vexanços?
No meu grupo acontecia-me a mesma coisa com o "ouv...
Gosto muito :) e sinto que por muito que os homens...
O natal pode ser feliz, porque é só um ou dois dia...
Falha é no epíteto da SENHORA que, elegante e conh...
"acho que é durante a adolescência que conhecemos ...
Prevejo uma vida cheia de surpresas, nem sempre ag...
Bom...o primeiro passo rumo aos destaques, está da...
Posts mais comentados
10 comentários
9 comentários
7 comentários
3 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
SAPO Blogs