Na Vanguarda da Actualidade
Sou reconhecido por algumas pessoas da minha aula, por ser um tipo profundo. A minha resposta costuma ser : " É só às vezes". E realmente é verdade. Sempre estou num dia blue ( como estou hoje) gosto de olhar para fotografias antigas. Memórias de tempos em que era feliz. Lembro-me que a minha única preocupação, era se o meu peão se tinha partido. Porque é que os nossos melhores dias foram os da nossa juventude? Porque é que não podemos ter tamanha felicidade agora mesmo? Estas são as questões que realmente importam. A nossa felicidade é uma escada sempre a subir que tem um precipício no fim. Tudo por causa da nossa mentalidade para lidar com as coisas. Não tenho uma fotografia minha no meu quarto. Apenas uma moldura vazia. Estou à espera de um momento de euforia para a poder preencher. Demasiado deprimente para um miúdo de 13 anos. É nestas alturas que oiço os Cure.
publicado por Sebastião Marques Lopes às 20:36 | link do post
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
15
17
18
19
22
23
25
26
27
28
29
31
comentários recentes
LOL, confesso que já gostei mais de ser um gajo do...
Boa tarde caro camarada blogger, ainda no outro di...
o que é vexanços?
No meu grupo acontecia-me a mesma coisa com o "ouv...
Gosto muito :) e sinto que por muito que os homens...
O natal pode ser feliz, porque é só um ou dois dia...
Falha é no epíteto da SENHORA que, elegante e conh...
"acho que é durante a adolescência que conhecemos ...
Prevejo uma vida cheia de surpresas, nem sempre ag...
Bom...o primeiro passo rumo aos destaques, está da...
Posts mais comentados
10 comentários
9 comentários
7 comentários
3 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
SAPO Blogs